Embu Guaçu, a cidade onde os pássaros não cantam por mais de sete dias!

Parque da Várzea de Embu Guaçu

Embu Guaçu é uma cidade pequena como outra qualquer da Grande são Paulo. Com seu pequeno centro, poucas ruas principais, a igreja, a praça e o coreto. Missa no domingo, feira de sábado. Um lugar onde todos se conhecem. Onde os velhinhos e os desocupados ocupam os bancos da praça para um bom papo.
Mas o que esse lugarejo tem de especial não está apenas em sua população amistosa e falante. Sua peculiaridade vem dos rios e das matas com sua diversidade em fauna e flora.
Possui uma área de 155,641 km2 (IBGE - 2015), 67 296 de habitantes. Sendo que, 100% de seu território é protegido pela Lei dos Mananciais Hídricos do Estado de São Paulo. Além de integrar o Cinturão Verde, área verde de preservação, criado por decreto da UNESCO em 1994. 

Mapa da Reserva da Biosfera do Cinturão Verde da Cidade de São Paulo (RBCV) +

Apresenta 100% de seu território inserido em Área de Proteção de Mananciais (Leis Estaduais 898/75, 1172/76 e 9866/97. Decreto Federal 750/93), integrando também a Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (Programa Man and Biosphere da UNESCO). 
Mas apesar disso os pássaros dessa linda cidade não cantam por mais de sete dias! Como isso seria possível? 
O canto das aves encantam os ouvidos dos moradores e dos aproximadamente 300 mil visitantes que por aqui passam durante o ano. Quando os pássaros nos acordam pela manhã chega a ser mágico pois, podemos pensar na grandeza da Criação divina.
Durante a semana, caseiros e moradores constroem armadilhas na mata. As aves, após serem aprisionadas, são vendidas para os turistas que as levam como souvenir de sua estadia em nossa cidade. Assim, após um fim de semana regado a muita cerveja, churrasco e música alta, levam nossos animais, aves e plantas nativas de lembrança!
A consequência disso é que, dia após dia, nossas aves estão sumindo.
Não é possível que o entra e sai de pessoas nessa cidade ecológica seja tão descontrolado; sem que haja fiscalização sobre o que os turistas levam em sua viagem de volta pra casa.
O que foi instituído pelas leis estaduais, federal e UNESCO tem que sair do papel! Há de se ter mais responsabilidade sobre o que é feito de nossas reservas hídricas, fauna e flora!
Colabore! Não capture aves e animais! Não os venda! 
Ajude a preservar a beleza de nossa cidade! Cobre das autoridades rigor nas fiscalizações!









Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dia das mães!

Papai noel de origami.